principais Termos técnicos de seguros traduzidos para leigos

duilly-velo

Por Duilly Cicarini

CEO Veloseguro

Publicado em 24 de janeiro de 2020. | Atualizado em 24 de janeiro de 2020.


Seguros (inclusive o seguro de bicicleta) estão cercados de termos técnicos como franquia, furto, roubo, sinistro, prêmio, mas quem entende? Pensando nisto traduzimos para o "português" os principais termos. 

Não é fácil entender o mercado de seguros, com seus termos e jargões.

Qual o significado de franquia, POS, sinistro, prêmio, terceiro e outros termos igualmente estranhos para a maioria da população não letrada em seguros?

Qual é a diferença de roubo e furto, furto simples e qualificado?

Pensar na maneira mais fácil de explicar termos confusos à maioria dos terráqueos, é sem dúvida, um desafio para qualquer empresa de seguros que pretende se comunicar com seu cliente de forma clara e sem o risco de equívocos de interpretação.

Pensando nisto o time da Velo, que prefere falar o bom e claro português, preparou um guia com a “tradução” dos principais termos utilizados pelo mercado de seguros.

Apólice

É o seu contrato.

A apólice diz o que está contratado com a seguradora.

É à apólice que você deve recorrer quando tiver dúvidas sobre o que você contratou com a seguradora, ou seja, coberturas, principais exclusões, franquias e valores.

Condições gerais

É o livro em língua estrangeira onde estão as cláusulas do seu contrato.

Eu chamo de livro porque o menor documento que eu já vi tinha 33 páginas e, acredite, já encontrei condições gerais com 333 páginas. (Eu tenho certeza de que deve existir condições gerais ainda mais extensas).

Em língua estrangeira, porque dificilmente você conseguirá ler e compreendê-lo na sua totalidade se você não for um advogado especialista em seguros.  Quando eu leio um documento desses, tenho sempre a sensação de que aquilo que eu quero saber foi propositalmente dividido em 5 partes ao longo do seu conteúdo.

Na minha opinião, este deveria ser um documento redigido em 2 colunas em que de um lado estivesse escrito: O que cobrimos e do outro, o que NÃO cobrimos.

Seria um avanço em tanto, não acha?

Franquia

Funciona como um gatilho para acionar a seguradora.  Se seu prejuízo foi menor do que a franquia, significa que não vale a pena acionar a seguradora

P.O.S. (Participação Obrigatória do Segurado)

É como se você fosse sócio minoritário no prejuízo da seguradora. 

Se a POS for 10%, a seguradora paga 90 e você, 10. Na prática você não precisa desembolsar nenhum dinheiro e seguradora simplesmente deduz  os seus 10% da indenização.

O site da SUSEP possui um glossário onde você encontrará todos os termos utilizados pelo mercado segurador, bem como o conceito de cada um.

Prêmio

Este termo é uma ode à psicologia positiva. 

Onde já se viu chamar de “prêmio” o valor que você paga por alguma coisa?

Imagine esta cena:
Sr., contratando o nosso seguro de vida você ganha um prêmio. E o seu prêmio é... UMA FATURA DE MIL REAIS!!! 

Certamente este é um prêmio que ninguém ficará feliz de ganhar.

Terceiro

Bem, terceiro é outra pessoa.

Entendendo que você, seu cônjuge e seus filhos são uma só carne, logo, não são considerados terceiros por uma seguradora.

Sinistro

É o evento coberto pelo seu contrato de seguro

Se você procurar no dicionário, verá que até faz sentido o termo sinistro ser o nome dado ao evento, incerto, súbito e extraordinário, mas não para um cidadão vivendo no século XXI.

Agora vamos para asessão de coberturas. (Eu adoro esta).

Aposto que se perguntarmos para 10 pessoas a diferença de roubo e furto, 9 errariam e 1 acertaria o chute. 

Você pode perguntar qual a diferença entre furto e roubo para um advogado, securitário ou autoridade policial e eles saberão responder.

O problema é que cada um terá um entendimento diferente do que significa.

Roubo

Roubo é o mesmo que assalto. É quando você é abordado pelo bandido e tem o bem levado.

Furto

É a situação em que alguém leva algo seu,mas você só repara quando dá falta.

Diferente do assalto, que você é instado a entregar o bem para o bandido, no furto, o ladrão leva embora quando você estava distraído ou ausente.

Entenda aqui todas as diferenças entre Roubo e Furto.

Furto qualificado

É o furto que deixa rastros, por ter exigido do bandido romper um obstáculo.

O rastro é a prova para a seguradora de que você foi furtado.

Termos técnicos de seguro - Furto qualificado no código penal

Observe que de modo geral o mercado segurador irá considerar apenas o inciso I para qualificação do furto. 

Furto Simples

Simplesmente, desapareceu.

Você não consegue sequer explicar e provar o que aconteceu para a seguradora, e ela não vai te pagar. Simples assim.

Neste texto do nosso blog explicamos e damos exemplos sobre as diferenças entre furto qualificado e furto simples.

Estes foram os termos mais comuns que chegam à Velo e quero propor que você deixe abaixo nos comentários suas dúvidas para outros termos e situações envolvendo seguros.

Eu sempre escutei que o cliente não entende de seguros.

Ora, se o cliente não entende de seguro, é porque as seguradoras não entendem de cliente.

QUAL É A SUA BIKE? VELO SEGURO TEM O SEGURO PERFEITO PARA ELA.

Comments are closed