5 maneiras de evitar o furto da sua bicicleta.

Por Pedro Werneck

Graduando em Publicidade e Parceiro Veloseguro

Publicado em 10 de março de 2016. | Atualizado em 11 de dezembro de 2018.


Ter a bike furtada é um pesadelo para qualquer ciclista. Nosso especialista dá dicas para evitar o furto da sua bike em diversas situações.

O furto de bicicleta é um crime muito comum, e com o aumento do uso das magrelas como forma de locomoção urbana, as estatísticas aumentam a cada dia. 

​O furto de bicicleta se tornou um dos preferidos dos ladrões, pelo difícil rastreamento e identificação, além de ter um retorno considerável para quem rouba. 

E para quem acha que só amarrar a bike perto de alguns pedestres é uma solução válida, aconselho assistir o vídeo abaixo  (em inglês), que mostra a facilidade para se furtar uma bike na cidade de Nova York.

Engana-se quem pensa que esse tipo de crime é mais frequente do Brasil do que em países considerados mais desenvolvidos. Em Amsterdã, capital mundial do ciclismo e considerada a melhor cidade para pedalar, são registrados entre 50 e 80 mil furtos de bicicleta por ano.

Antes de tudo, é importante saber qual a diferença entre furto e roubo, bem como entender o que é furto qualificado e furto simples. 

Um passo importante a se tomar antes mesmo de sair de casa é ter anotados todos os dados da bicicleta. Especialmente para os ciclistas que não possuem nota fiscal, é essencial ter documentado o número de série do quadro, e uma especificação de todas as peças da bike. Não deixe de fotografar e catalogar a bike e suas peças. 

Em caso de furto, ter todos os dados é importante para fazer um boletim de ocorrência, e assim aumentar as chances de reaver sua bike, caso ela seja encontrada.

Mas afinal, como evitar que sua bike seja furtada ao prendê-la na rua? Aqui vão algumas dicas:

1. Use cadeados de qualidade

Não economize na compra de cadeados. É um erro achar que uma corrente de elos simples presa por um cadeado de banca vai proteger sua bike. Quem está na rua para furtar bikes está muito bem preparado para arrombar a maioria dos cadeados do mercado.

O mais recomendado é utilizar dois tipos de cadeados. O primeiro e mais resistente é o U-Lock. Composto de duas partes separáveis, o U-Lock é o que vai aumentar muito a segurança do seu quadro e roda traseira.

Tecnicamente, nenhum cadeado é indestrutível. Na verdade, com um cadeado mais resistente a sua bike deixa de ser a preferência quando o bandido tiver outras opções. 

No Brasil ainda é especialmente mais fácil proteger a sua bike com um bom cadeado U-lock porque, devido à facilidade que o bandido tem de encontrar bicicletas estacionadas com cadeados pouco resistentes, como é o caso dos cabos de aço em espiral (de longe os mais populares no Brasil). Logo, dificilmente ele estará equipado com uma serra para destruir um cadeado U-lock, já que alicates (amplamente utilizadas pelos bandidos) dificilmente conseguirão cortar um cadeado U-lock.

O conjunto completo pode ser encontrado na loja online Ciclourbano. O preço não é baixo, mas deve ser visto como um investimento para um futuro sem furtos.

2. Escolha onde prender a bike

A escolha do local correto impacta diretamente na possibilidade de você ser alvo de um furto de bicicleta.

A escolha deve passar por alguns pontos principais. O primeiro é iluminação. Evite ruelas, ou partes da calçada que são mal iluminadas. O ideal é colocar a bike em um lugar que chame bastante atenção, tanto dos motoristas quanto dos pedestres.

Se prender a bike de dia e só for pegar a noite, tente achar postes de iluminação e colocá-la em baixo da área que será iluminada. Lembre-se, é mais fácil para um ladrão furtar uma bicicleta se ele não estiver chamando atenção.

Alem da iluminação, o movimento da via é muito importante. Escolha ruas e calçadas movimentadas. Dê preferencia para lugares que ficam em frente a lojas com muito movimento ou perto de pontos de ônibus.

É essencial que você pare em um lugar movimentado, portanto lembre-se que é melhor caminhar um ou dois quarteirões tendo a certeza que sua bike está bem protegida do que parar exatamente na frente do destino e esperar que ninguém esteja com vontade de levá-la.

O outro ponto importantíssimo é escolher a qual estrutura você vai prender sua bicicleta. O furto da bicicleta fica bem mais fácil se a mesma estiver presa a uma grade muito fina, ou a um poste com menos de 4 metros de altura.

O ideal são os bicicletários, principalmente aqueles em que a bike pode ser fixada a dois ferros distintos que ficam presos ao chão. Como não é comum ter acesso a esse tipo de estrutura, procure por postes altos e resistentes, assim como grades bem presas ao chão e feitas de metal espesso.

Evite árvores. Ladrões podem danificar muito o tronco da árvore no processo de furtar a bicicleta. A natureza agradece.

3. Cuidado com as partes móveis da bike

O furto de bicicleta é muito comum, mas quando os ladrões não conseguem levar a bike toda, tentam levar uma parte dela. Partes que podem ser tiradas com relativa facilidade, como o selim ou as rodas (no caso de presilhas quick release), representam um alvo fácil para furtos.

Se sua bike tem partes móveis que podem ser retiradas em segundos, você tem que tomar alguns cuidados extras na hora de prendê-la na rua.

As rodas devem ser presas ao quadro e á grade, como vou explicar melhor adiante. O selim é mais difícil de ser preso, mas pode ser facilmente levado com você na mochila, por ser uma peça menor.

Qualquer peça que demande um nível maior de tempo e ferramentas apropriadas não deve ser alvo de furtos se a bike estiver presa em um local adequado.

4. Prendendo a bicicleta corretamente

As instruções dadas aqui são para o uso do conjunto de cadeados como o que citei acima, mas podem ser adaptadas para outros conjuntos de correntes e cadeados.

Para assegurar que sua bike está o mais segura possível, você deve prender tanto o quadro quanto as duas rodas. Para isso, use o cadeado U-Lock para prender a roda traseira e o quadro a estrutura fixa.

Nessa etapa é essencial garantir que haja o mínimo de espaço possível sobrando entre a bike e o ponto fixo. Quanto mais espaço, mais fácil o emprego de ferramentas maiores e conseguir arrombar o cadeado.

Para prender a roda dianteira, pegue o cabo de aço e passe por dentro da roda, passando também pelo quadro, e fixando no cadeado U-Lock. Esse é um desenho simples que demonstra como prender adequadamente.

Forma correta de prender a bicicleta

Forma Correta de Prender

Esse cabo também deve estar o mais esticado possível, diminuindo os espaços vazios. Não se esqueça de prender o cabo de aço ao cabo U-Lock.

Se tiver algum cadeado menor você pode usá-lo para prender o selim ao U-Lock, caso não queira levá-lo com você.

Assalto enquanto pedala? A Veloseguro protege você.

5. Deixe a bike o menos atraente possível

A aparência da bike é tão importante para você quanto para os ladrões. Se sua bike for de uso diário, e você estacioná-la na calçada constantemente, então vale a pena piorar o visual dela.​

Deixe a bike suja. Mais sujeira deixa a bike menos atraente e diminui seu brilho. Mas lembre-se: não deixe as juntas, correntes e suspensão sujas ou secas. Isso atrapalha no funcionamento e na conservação da bicicleta. Deixe a sujeira acumular somente no meio do quadro e do garfo.

Seguindo todas as instruções acima, eu estou 100% seguro contra um furto de bicicleta, certo?

Infelizmente não. É impossível estar totalmente seguro. Mas seguindo estes passos, você irá tornar da sua bike uma das piores opções de furto para os ladrões, se não a pior.

Como falamos no início deste artigo, é importante tomar outras medidas de segurança para evitar o furto de bicicleta, como ter os dados da sua bike anotados em casa, e ter um bom seguro de bicicleta. Faça uma simulação e entenda como essa proteção simples pode impedir que imprevistos tornem-se prejuízo.

Não se esqueça de cobrar mais bicicletários da prefeitura da sua cidade e maior segurança nas ruas. Um futuro com menos furtos é responsabilidade de todos, inclusive sua.