10 Dicas para Evitar o Furto de Bicicletas Durante Competições

Por Álvaro Perazolli

Jornalista, Fotógrafo, Biker e Colaborador na Veloseguro

Publicado em 16 de outubro de 2018. | Atualizado em 16 de outubro de 2018.


Aumente sua segurança enquanto compete e concentre-se em testar os seus limites no esporte.

A popularização das diversas modalidades do ciclismo no país, o aumento do número de competidores e a consequente proliferação de bicicletas de alto valor agregado tem chamando a atenção do "mercado especializado de furto".

É crescente o relato de furtos antes, durante ou após as competições e estes riscos podem ser minimizados ou evitados se alguns cuidados importantes forem tomados.

A Veloseguro elaborou 10 dicas para você que é ciclista amador ou profissional e participa de competições.

Fique ligado e evite dores de cabeça.

1. Cuidados com a bike no carro

Muitos casos de furtos de bikes durante competições ocorrem quando elas estão guardadas dentro de automóveis.  

No período de competições as cidades são tomadas por atletas e bikes circulando por todos os lados e isto é um "prato cheio pra malandro".

Prefira sair com a bike apenas quando for utilizá-la em treinos de reconhecimento e ajustes mecânicos e fora isto, deixe-a guardada e trancada onde você estiver hospedando.

Evite deixar a bike sozinha no carro, já que este é um comportamento previsto pelos bandidos, que estarão à espreita quando a oportunidade surgir.

Durante a viagem para a cidade sede da prova, leve a bike dentro do carro quando for possível. 

O furto de bicicletas em trânsito aumenta drasticamente nas rodovias que levam à competição nos dias que a antecede, uma vez que o fluxo de veículos com bicicletas é alto e geralmente há muitas rotas de fuga. 

2. Mantenha sua bicicleta sempre visível

Nunca perca a sua bike de vista, ao menos que a competição tenha bike check-in e a bike já esteja sob a vigilância da produção da prova.

Se você estiver com a bike e por algum motivo você precisar se afastar temporariamente, encontre alguém da sua confiança para fazer a vigilância para você pelo momento que precisar.

Todo cuidado é pouco.

3. Aquela ida rapidinha ao banheiro...

Momento que você deve ter a atenção em dobro já que não é possível ir no banheiro com a bicicleta.

Esse pode ser o tempo suficiente para algum oportunista.

Você poderá aproveitar as filas dos banheiros para alertar quem estiver na fila atrás de você para ficarem atentos durante estes "momentos sagrados".

Mas lembre-se que você está contando com a boa vontade de terceiros e a responsabilidade pelo cuidado da bike é seu e de mais ninguém.

4. Giro pela cidade

Natural e saudável explorar a região e imediações onde ocorrerá a competição. Opte por treinar em grupos de três ou mais ciclistas. 

Informe-se sobre os lugares mais perigosos da região e evite-os.

Não rode perdido, pesquise antes o trajeto.

5. Quanto custa sua bike?

Evite comentar com estranhos sobre o valor da sua bike, principalmente quando você notar que a pergunta vem de leigos.

Pode parecer estranho, mas uma abordagem inocente pode camuflar a sondagem de alguém que pode assaltá-lo em seguida.

Guarde o seu orgulho para os amigos próximos. Para estranhos, desconverse ou subvalorize o valor da sua bike.

A discrição é uma boa arma contra marginais.

6. Reconhecimento de percurso.

Muitos circuitos ficam abertos durante o ano e são usados para treino. Caso vá antes da semana da disputa, procure ir com mais pessoas e se informe sobre o índice de assaltos na região.

7. Posso dar uma voltinha.

Parece óbvio né? Mas muita gente ainda cai nessa conversa.

Mesmo que tenha seguro para sua bike, algumas seguradoras não darão coberturas para bikes sob responsabilidade de terceiros.

8. Escolha locais de hospedagem mais seguros.

Muitos hotéis e pousadas não possuem estrutura para acomodar bicicletas de forma segura e para evitar processos futuros, não permitem bikes no quarto.

Antes de optar por um destes estabelecimentos, informe que irá participar de uma competição na cidade e se há alguma forma segura de guardar a bike, de preferência, sob os cuidados do hotel ou pousada.

Explique o valor aos atendentes e procure uma solução.

Caso não sinta-se confortável, pergunte se o recinto se responsabiliza e informe novamente o custo. Caso a resposta seja ainda não, insista para deixá-la no quarto.

Se ainda assim não for possível, mude de hotel e tenha um sono tranquilo, literalmente.

9. Escolha o seguro para o seu perfil.

Diferentes seguros oferecem diferentes proteções. 

Quem viaja em competições deve fugir dos seguros  residenciais por eles não irão proteger a sua bike contra furto fora da residência.

Conheça aqui mais detalhes sobre as coberturas de um seguro de bicicleta.

10. Tenha sempre um bom cadeado consigo.

Não é comum atletas amadores levarem consigo um bom cadeado para guardar sua bike, mas esta continua sendo uma excelente arma contra oportunistas.

Acredite, se for preciso, prenda sua  bike pelo cadeado a um objeto irremovível do quarto, mesmo que seja a cama. 

Neste guia você terá dicas de como escolher um bom cadeado para sua bike.

Faça uma simulação e converse com  nossos especialistas, que estarão preparados para te ajudar a fazer a melhor escolha.